Autores

ULYSSES LINS DE ALBUQUERQUE

Historiador, memorialista, poeta e politico, Ulisses (também grafado Ulysses) Lins de Albuquerque nasceu em Sertânia (PE), em 9 de maio de 1889 e faleceu no Rio de Janeiro em 29 de dezembro de 1979. Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Recife. Foi professor interino, em 1904, e teve uma escola particular. Nomeado pelo governador Sigismundo Gonçalves, foi agente do Tesouro na Coletoria Estadual e agente fiscal do Imposto de Consumo em Pernambuco. Transferido para São Paulo, em 1938, atuou na advocacia e na indústria agropecuária. Foi deputado federal por Pernambuco em três legislaturas, nos anos 50.

Foi membro da Academia Pernambucana de Letras e seu representante na federação das Academias do Brasil, sócio do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano e membro do Instituto Genealógico de Pernambuco.

Um dos seus nove filhos foi Etelvino Lins, interventor em Pernambuco em 1945.
Publicou Pedúnculos (1916), Ao sol do sertão (poesia, 1922), Mestres e discípulos (1927), De joelhos (com o pseudônimo de Bilac Sobrinho, 1930), Livro de Inach (1933), Um sertanejo e o sertão (memórias, 1957, 2ª ed., 1976), Chico Dandim (romance, 1974), O boi de ouro e outras histórias (1975), e ainda Fogo e cinza, Sertão mártir, Hino à gleba, Alma da terra, Estrada de espinho, Moxotó brabo, Sol poente e Três ribeiras.

ULYSSES LINS DE ALBUQUERQUE.

Títulos

UM SERTANEJO E O SERTÃO MOXOTÓ BRABO TRÊS RIBEIRAS
Conheça outros autores