NATUREZA: A ARTE DE PLANTAR

LEONARDO FRÓES

Plantas, bichos, gente: enfim, natureza. Nestas crônicas do poeta Leonardo Fróes, escritas entre os anos 1970 e 1980, aparecem desde singelas instruções para a criação de plantas em ambiente urbano até reflexões sobre a relação do homem com a natureza a partir do perfil de um naturalista. Falando das selvas de fato ou das selvas instaladas em apartamentos, Leonardo Fróes mostra como as plantas nos lembram que cada um de nós está, no sentido mais profundo da palavra, vivo.

  • Dimensões:

    12,5 x 18cm
  • Assunto:

    Meio Ambiente
  • ISBN:

    978-85-7858-895-3
  • Nº de páginas:

    252
  • Ano de edição:

    2021
LEONARDO FRÓES

LEONARDO FRÓES

Poeta, tradutor e crítico de arte, com atuação no JB, onde escrevia uma coluna semanal sobre ecologia, chamada Natureza e executivo da editora multinacional Bruguera, nos anos 1960. Leonardo Fróes largou tudo para se dedicar à jardinagem e ao estudo das principais descobertas científicas na área de zoologia e botânica. Desde 1971 vive no sítio Petiterra, no distrito de Secretário, em Petrópolis (RJ), onde plantou árvores frutiferas, cria animais e tornou-se montanhista, naturalista amador, desbravador das matas da região e um dos primeiros defensores da ecologia no pais. Publicou Esqueci de avisar que estou vivo, A vida secreta das plantas, Argumentos invisíveis, Chinês com sono, Trilha, O jardim e a mini-horta, O romance dos romances e o contracânone, Vertigens, Contos orientais.

Outros livros

  • AÇUDE DE APIPUCOS: HISTÓRIA E ECOLOGIA
  • ECOLOGIA DO COTIDIANO
  • BONITO - PERNAMBUCO: HISTÓRIA E ECOLOGIA
  • BURLE MARX E O RECIFE: UM PASSEIO PELOS JARDINS DA CIDADE
Ver Catálogo Completo