FREVO: TRANSFORMAÇÕES AO LONGO DO PASSO

Autor: Climério de Oliveira Santos e Marcos FM

Em Frevo: transformações ao longo do passo, Climério de Oliveira e Marcos FM apresentam e discutem essa marca registrada da história pernambucana: o frevo. Apresentando seus diversos aspectos, suas transformações ao longo da história e as performances de orquestras, bandas, grupos e maestros, sem deixar de lado as particularidades desse importante gênero, os autores se aventuram em ensaios, conversas e entrevistas com maestros e músicos para apresentar uma verdadeira viagem ao mundo do frevo, levantando novas questões e apresentando transformações e ligações entre as culturas musicais.

  • Dimensões:

    21x28cm
  • Assunto:

    Artes
  • ISBN:

    978-85-7858-843-4
  • Nº de páginas:

    382
  • Ano de edição:

    2020
Climério de Oliveira Santos e Marcos FM

O autor: Climério de Oliveira Santos e Marcos FM

Climério de Oliveira Santos (Clima) é pesquisador, violonista, compositor de músicas populares, diretor-produtor musical, produtor fonográfico e editor de livros. Estudou na Escola Álamo, Jequié (BA), em seguida, na Escola de Música Antenor Navarro, em João Pessoa (PB), cidade onde também cursou o Bacharelado (UFPB) e o Mestrado (UFPB); cursou o doutorado na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio); fundou o grupo Chá de Zabumba, com o qual gravou três álbuns; ganhou vários prêmios em festivais de música popular; leciona no Conservatório Pernambucano de Música e no Programa de Pós-graduação em Música (UFPE); e criou a coleção Batuque Book em parceria com Tarcísio Resende. Além deste livro, escreveu Maracatu: baque virado e baque solto (2006); Cabocolinho (2010); Forró: a codificação de Luiz Gonzaga (Cepe Editora, 2013); e Maracatu Nação (DVD, 2010). Marcos Ferreira Mendes (Marcos FM) é baixista, compositor, arranjador, diretor musical e pesquisador. Iniciou seus estudos na Banda 1º de Novembro, Timbaúba (PE). É licenciado em Música pela UFPE e pós-graduado pela Uninter/Ibpex; fundador e dirigente da Orquestra Quebramar, com a qual lançou um álbum homônimo; atua como músico e diretor musical em shows de Climério de Oliveira desde 2015; ganhou prêmios em concursos de frevo promovidos pela Prefeitura do Recife, nos anos de 2009 e 2018 como melhor arranjador e 2018 pela composição de frevo de rua; leciona no Conservatório Pernambucano de Música e no Centro de Educação Musical de Olinda, onde atua como maestro da Banda Sinfônica. Além deste livro, escreveu Arranjando frevo de rua (Cepe Editora, 2017), Arranjando frevo-canção (Cepe Editora, 2019) e Arranjando frevo de bloco (no prelo).

Outros livros

  • TAP – SUA CENA & SUA SOMBRA: O TEATRO DE AMADORES DE PERNAMBUCO (1941-1991) - Vol. 1
  • O CORPO E A EXPRESSÃO TEATRAL
  • PEQUENO ELUCIDÁRIO
  • MPB - COMPOSITORES PERNAMBUCANOS. COLETÂNEA BIO-MÚSICO-FONOGRÁFICA: 100 ANOS DE HISTÓRIA
Ver Catálogo Completo