Lançamento

O DIA EM QUE FUI SANTA JOANA DOS MATADOUROS

Autor: JUSSARA SALAZAR

Esta obra poética é uma das vencedoras do 6º prêmio Hermilo Borba Filho de Literatura, antigo Prêmio Pernambuco de Literatura, segunda colocada como representante da Região Metropolitana do Recife. O livro de Jussara Salazar, escrito ao longo de dez anos, é inspirado em histórias reais de três mulheres, de diferentes épocas, impedidas de se expressar por contrariarem os cânones vigentes: uma que teve seus pertences queimados em praça pública e banida por fugir com seu amor; outra degolada por um homem ciumento; e a terceira vítima de bala perdida disparada por um tresloucado.

  • Dimensões:

    16 X 22cm
  • Assunto:

    Literatura/Poesia
  • ISBN:

    978-65-86616-46-0
  • Nº de páginas:

    90
  • Ano de edição:

    2020
JUSSARA SALAZAR

O autor: JUSSARA SALAZAR

Jussara Farias de Mattos Salazar nasceu em Pernambuco, em 1959, mas reside em Curitiba-PR, desde 1985. É poeta, artista plástica e tradutora. Publicou os livros Inscritos da Casa de Alice (1999), Baobá, Poemas de Leticia Volpi (2002), Natália (2004), Coloraurisonoros (Buenos Aires, 2008) e Carpideiras (2011). Faz parte de Dedo de moça — uma antologia das escritoras suicidas (São Paulo: Terracota Editora, 2009). Publicou poesias em várias revistas e antologias brasileiras e internacionais. Edita a revista eletrônica de arte e literatura Lagioconda7. Em 2009, recebeu a Bolsa Funarte de Criação Literária com o livro Cantigas da Árvore Votiva. Também criou e editou o projeto editorial e gráfico de revista Et Cetera (2002-2005). Sua poesia se expressa a partir de matrizes pesquisadas (cantorias, incelenças, rezas), buscando restaurar o sagrado na vida (ou na morte) e na arte

Outros livros

  • ENTRELINHAS
  • ÊXODO
  • POESIA COMPLETA
  • MIRAGEM
Ver Catálogo Completo