PERNAMBUCANOS IMORTAIS E MORTAIS TRINTA PERFIS E OUTRAS PALAVRAS

Autor: ALUÍZIO FALCÃO

Alinham-se neste volume perfis jornalísticos destituídos de pretensão, narrando vida e obra de escritores, poetas, políticos e outros pernambucanos imortalizados no cânone local. Deu-se um paradoxo compreensível em termos históricos: os imortais estão todos mortos e com a sua jornada encerrada. Já podem ser julgados por tudo que fizeram ou deixaram de fazer.

  • Dimensões:

    16x22x2cm
  • Assunto:

    Biografias e Perfis
  • ISBN:

    978-85-7858-712-3
  • Nº de páginas:

    376
  • Ano de edição:

    2018
ALUÍZIO FALCÃO

O autor: ALUÍZIO FALCÃO

Aluízio Falcão, natural de Pernambuco, foi repórter do Diario de Pernambuco e da Rádio Olinda (1956-1960) e colunista diário do Última Hora – Nordeste (1961-1964). Presidiu o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Recife. Integrou o Conselho de Direção do Movimento de Cultura Popular (MCP) na gestão municipal de Miguel Arraes, de quem veio a ser secretário particular quando o então prefeito do Recife elegeu-se governador de Pernambuco. Em São Paulo, onde mora desde 1964, dirigiu a Discos Marcus Pereira e a Gravadora Eldorado, ambas voltadas para a documentação cultural. Por sua atuação nesta área, recebeu o Prêmio APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte (1974) e o Prêmio Personalidade do Ano – Música Popular – da Editora Abril (1979). Chefiou o Departamento de Programação da Rádio Eldorado e colaborou regularmente no Caderno 2 do jornal O Estado de S. Paulo. É autor do livro Crônicas da Vida Boêmia (Editora Ateliê). Foi comentarista de música popular brasileira da TV Justiça (Supremo Tribunal Federal). Aposentou-se e, hoje, dono de seus horários, é redator freelancer nas áreas de produção cultural e comunicação.

Outros livros

  • UM DIPLOMATA E POLÍTICO DO IMPÉRIO
  • ALÉM DAS IDEIAS
  • O SANFONEIRO DO RIACHO DA BRÍGIDA: VIDA E ANDANÇAS DE LUIZ GONZAGA - O REI DO BAIÃO
  • ANTONIO CALLADO: FOTOBIOGRAFIA
Ver Catálogo Completo